Faixas em Diagonal para Pedestres


Faixas em diagonal para pedestres (Faixas em X)

a) Bairro Cidade dos Funcionários – Regional VI

(Av. Des. Gonzaga x Av. Oliveira Paiva)

O cruzamento das avenidas Oliveira Paiva x Desembargador Gonzaga recebeu, em 21 de setembro de 2017, uma faixa em diagonal para dar mais segurança e agilidade durante a passagem dos pedestres. A intervenção visa evitar que os pedestres façam duas travessias desprotegidas para acessar o outro lado da via. Será incluído também um estágio para pedestres no semáforo deste cruzamento, além de outras melhorias como prolongamento de calçadas e readequação de canteiros, para diminuir a distância de travessia e reduzir ainda mais o risco de atropelamentos.

Para prevenir acidentes e aumentar a segurança na região, foram fechados trechos do canteiro central da Av. Desembargador Gonzaga, sendo um na altura da Rua Júlio Lima (quase em frente à Igreja da Glória) e no cruzamento com a Rua Alice. Portanto, quem antes costumava dobrar à esquerda nos canteiros centrais, agora faz um laço de quadra e utiliza os cruzamentos semaforizados.

Dois novos semáforos foram instalados no cruzamento da Av. Desembargador Gonzaga com a Rua Margarida Queiroz e Av. Desembargador Gonzaga com a Rua Antônio de Castro para reduzir os conflitos de trânsito. A circulação nas vias secundárias também foi alterada. A Rua Margarida Queiroz passou a ter sentido único (sertão/praia), enquanto a Rua Antônio de Castro concentra o fluxo no sentido contrário (praia/sertão), entre as ruas Cônego Braveza e Teofredo Goiana.

 

b) Bairro Conjunto Ceará – Regional V

(Av. Min. Albuquerque Lima X Av. C)

Desde o dia 30 de agosto de 2016, passou a funcionar na Av. Min. Albuquerque Lima X Av. C, no Conjunto Ceará, uma faixa em diagonal para pedestres e um novo semáforo, facilitando a travessia e aumentando a segurança no deslocamento dos transeuntes da área.

Após solicitações da população, a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) realizou estudo técnico no local, o qual apontou para a necessidade da implantação de um semáforo no cruzamento devido ao alto volume de pedestres que desejam atravessar e ao elevado fluxo veicular observado. O equipamento conta com botoeiras sonoras.

 

c) Bairro Aldeota – Regional II

(Av. Santos Dumont X Av. Desembargador Moreira)

Fortaleza recebeu, no dia 27 de julho de 2016, a terceira faixa em diagonal para pedestres no cruzamento das avenidas Santos Dumont X Desembargador Moreira, na Aldeota. O objetivo da intervenção, implantada pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), é proporcionar mais segurança aos pedestres e reduzir o tempo de travessia dos mesmos em 62%.

Também conhecida como “faixa em X”, a medida evita que pedestres façam duas travessias para acessar o outro lado de uma via nos cruzamentos semaforizados. O tempo médio para completar a travessia em diagonal será de aproximadamente 84 segundos, conforme previsto pelo Controle de Tráfego em Área de Fortaleza (CTAFOR). Antes da implantação, o transeunte demorava cerca de 224 segundos para atravessar, além de correr mais riscos de se envolver em acidentes.

Para viabilizar a implantação, uma nova sinalização foi colocada no cruzamento e os semáforos da área passaram por ajustes, sendo atribuído maior tempo para os pedestres realizarem seus deslocamentos de modo mais seguro. O tempo semafórico para eles aumentou de 17 para 24 segundos. A faixa já é realidade em outras capitais brasileiras como São Paulo e Goiânia.

 

d) Bairro Benfica – Regional IV

(Av. 13 de Maio X Av. da Universidade)

Na data em que se comemora o Aniversário de Fortaleza, a cidade recebeu, no dia 13 de abril de 2016, uma nova faixa de pedestres em diagonal no cruzamento da Av. 13 de Maio X Av. da Universidade, no bairro Benfica. A intervenção, implantada pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP) e Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), visa aumentar a segurança dos pedestres e reduzir o tempo de travessia dos mesmos em até 60%.

Também conhecida como “faixa em X”, a faixa diagonal evita que pedestres façam duas travessias para acessar o outro lado de uma via nos cruzamentos semaforizados. Além dessa implantação, outras melhorias foram realizadas na região, como a inserção de rampas de acessibilidade nas calçadas e readequações tanto no canteiro central quanto no passeio. Na esquina da Casa de Cultura, por exemplo, foi realizado prolongamento da calçada para reduzir a distância da travessia e aumentar a visibilidade dos pedestres.

Conforme informações do Controle de Tráfego em Área de Fortaleza (CTAFOR), os semáforos passaram por ajustes, sendo atribuído maior tempo para os pedestres realizarem seus deslocamentos com segurança. O tempo semafórico para eles aumentou de 20 para 30 segundos.

 

e) Praia de Iracema – Regional II

(Av. Historiador Raimundo Girão x Av. Monsenhor Tabosa)

Dentro do escopo do projeto do Binário da Paria de Iracema, que compreende as avenidas Historiador Raimundo Girão e Monsenhor Tabosa (Regional II), a SCSP implantou, em dezembro de 2015, a primeira faixa em diagonal para pedestres, também conhecida como "faixa em X", no cruzamento das avenidas Historiador Raimundo Girão e Rui Barbosa. Assim como as travessias elevadas localizadas no bairro Messejana, a "faixa em X" tem o propósito de aumentar a segurança do pedestre, reduzindo o seu tempo de travessia. Com a faixa em diagonal, os pedestres deixarão de atravessar o cruzamento em duas etapas (em "L"), podendo chegar ao lado oposto em uma única travessia, reduzindo o tempo em até 5 vezes. 

Faixas em Diagonal para Pedestres

Faixas em diagonal para pedestres (Faixas em X)

a) Bairro Cidade dos Funcionários – Regional VI

(Av. Des. Gonzaga x Av. Oliveira Paiva)

O cruzamento das avenidas Oliveira Paiva x Desembargador Gonzaga recebeu, em 21 de setembro de 2017, uma faixa em diagonal para dar mais segurança e agilidade durante a passagem dos pedestres. A intervenção visa evitar que os pedestres façam duas travessias desprotegidas para acessar o outro lado da via. Será incluído também um estágio para pedestres no semáforo deste cruzamento, além de outras melhorias como prolongamento de calçadas e readequação de canteiros, para diminuir a distância de travessia e reduzir ainda mais o risco de atropelamentos.

Para prevenir acidentes e aumentar a segurança na região, foram fechados trechos do canteiro central da Av. Desembargador Gonzaga, sendo um na altura da Rua Júlio Lima (quase em frente à Igreja da Glória) e no cruzamento com a Rua Alice. Portanto, quem antes costumava dobrar à esquerda nos canteiros centrais, agora faz um laço de quadra e utiliza os cruzamentos semaforizados.

Dois novos semáforos foram instalados no cruzamento da Av. Desembargador Gonzaga com a Rua Margarida Queiroz e Av. Desembargador Gonzaga com a Rua Antônio de Castro para reduzir os conflitos de trânsito. A circulação nas vias secundárias também foi alterada. A Rua Margarida Queiroz passou a ter sentido único (sertão/praia), enquanto a Rua Antônio de Castro concentra o fluxo no sentido contrário (praia/sertão), entre as ruas Cônego Braveza e Teofredo Goiana.

 

b) Bairro Conjunto Ceará – Regional V

(Av. Min. Albuquerque Lima X Av. C)

Desde o dia 30 de agosto de 2016, passou a funcionar na Av. Min. Albuquerque Lima X Av. C, no Conjunto Ceará, uma faixa em diagonal para pedestres e um novo semáforo, facilitando a travessia e aumentando a segurança no deslocamento dos transeuntes da área.

Após solicitações da população, a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) realizou estudo técnico no local, o qual apontou para a necessidade da implantação de um semáforo no cruzamento devido ao alto volume de pedestres que desejam atravessar e ao elevado fluxo veicular observado. O equipamento conta com botoeiras sonoras.

 

c) Bairro Aldeota – Regional II

(Av. Santos Dumont X Av. Desembargador Moreira)

Fortaleza recebeu, no dia 27 de julho de 2016, a terceira faixa em diagonal para pedestres no cruzamento das avenidas Santos Dumont X Desembargador Moreira, na Aldeota. O objetivo da intervenção, implantada pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), é proporcionar mais segurança aos pedestres e reduzir o tempo de travessia dos mesmos em 62%.

Também conhecida como “faixa em X”, a medida evita que pedestres façam duas travessias para acessar o outro lado de uma via nos cruzamentos semaforizados. O tempo médio para completar a travessia em diagonal será de aproximadamente 84 segundos, conforme previsto pelo Controle de Tráfego em Área de Fortaleza (CTAFOR). Antes da implantação, o transeunte demorava cerca de 224 segundos para atravessar, além de correr mais riscos de se envolver em acidentes.

Para viabilizar a implantação, uma nova sinalização foi colocada no cruzamento e os semáforos da área passaram por ajustes, sendo atribuído maior tempo para os pedestres realizarem seus deslocamentos de modo mais seguro. O tempo semafórico para eles aumentou de 17 para 24 segundos. A faixa já é realidade em outras capitais brasileiras como São Paulo e Goiânia.

 

d) Bairro Benfica – Regional IV

(Av. 13 de Maio X Av. da Universidade)

Na data em que se comemora o Aniversário de Fortaleza, a cidade recebeu, no dia 13 de abril de 2016, uma nova faixa de pedestres em diagonal no cruzamento da Av. 13 de Maio X Av. da Universidade, no bairro Benfica. A intervenção, implantada pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP) e Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), visa aumentar a segurança dos pedestres e reduzir o tempo de travessia dos mesmos em até 60%.

Também conhecida como “faixa em X”, a faixa diagonal evita que pedestres façam duas travessias para acessar o outro lado de uma via nos cruzamentos semaforizados. Além dessa implantação, outras melhorias foram realizadas na região, como a inserção de rampas de acessibilidade nas calçadas e readequações tanto no canteiro central quanto no passeio. Na esquina da Casa de Cultura, por exemplo, foi realizado prolongamento da calçada para reduzir a distância da travessia e aumentar a visibilidade dos pedestres.

Conforme informações do Controle de Tráfego em Área de Fortaleza (CTAFOR), os semáforos passaram por ajustes, sendo atribuído maior tempo para os pedestres realizarem seus deslocamentos com segurança. O tempo semafórico para eles aumentou de 20 para 30 segundos.

 

e) Praia de Iracema – Regional II

(Av. Historiador Raimundo Girão x Av. Monsenhor Tabosa)

Dentro do escopo do projeto do Binário da Paria de Iracema, que compreende as avenidas Historiador Raimundo Girão e Monsenhor Tabosa (Regional II), a SCSP implantou, em dezembro de 2015, a primeira faixa em diagonal para pedestres, também conhecida como "faixa em X", no cruzamento das avenidas Historiador Raimundo Girão e Rui Barbosa. Assim como as travessias elevadas localizadas no bairro Messejana, a "faixa em X" tem o propósito de aumentar a segurança do pedestre, reduzindo o seu tempo de travessia. Com a faixa em diagonal, os pedestres deixarão de atravessar o cruzamento em duas etapas (em "L"), podendo chegar ao lado oposto em uma única travessia, reduzindo o tempo em até 5 vezes.