Educação


A educação é um dos pilares para a boa convivência urbana. Através dela é possível tornar o trânsito mais cidadão e democrático. Considerando a importância desse princípio, a Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC), por meio da Gerência de Educação para o Trânsito (Geduc), desenvolve projetos educativos visando a estimular o respeito entre condutores e pedestres.

Motociclista prudente: quem é consciente não se envolve em acidente

O foco dessa ação é o motociclista, principal agente vulnerável a acidentes de trânsito. Durante a mobilização, realizada em vias movimentadas da cidade, os motociclistas recebem material informativo e dicas sobre medidas preventivas para um tráfego seguro e responsável. Agentes de trânsito também participam da atividade verificando a documentação da motocicleta e do condutor a fim de regularizar a situação dos que estão circulando de forma inadequada.

Travessia Cidadã

O Programa "Travessia Cidadã" tem o objetivo de sensibilizar pedestres e condutores para um convívio social e equilibrado no trânsito. Os "Monitores de Travessia" são credenciados pelo programa para realizar a travessia dos alunos e demais transeuntes na faixa de pedestre, bem como orientar os condutores quanto ao uso correto dos dispositivos de segurança, evitar fila dupla, uso correto da área de embarque e desembarque, evitar parar ou estacionar na faixa e principalmente orientar que todos usem a faixa de pedestre.

Volta às aulas

A ação educativa visa a conscientizar pais, alunos e educadores para uma boa convivência no trânsito. A atividade é desenvolvida através de abordagens educativas e lúdicas na porta das escolas, onde os pais recebem orientações sobre as infrações mais cometidas no entorno dos colégios, como por exemplo: estacionar em fila dupla, estacionar sobre a faixa de pedestres, não utilizar os equipamentos de segurança obrigatórios para o transporte de crianças, entre outros. A fiscalização também é reforçada ao redor das instituições de ensino e motoristas que insistirem em cometer infrações podem ser autuados.

Dê passagem para a vida

Consiste em abordagens lúdicas e educativas nos cruzamentos viários e terminais de integração, cujo propósito é conscientizar a população acerca da travessia segura pela faixa de pedestres, ato tão simples que é capaz de salvar vidas.

AMC nos Bares

Abordagens em bares movimentados de Fortaleza com o propósito de orientar os motoristas acerca da Lei Seca e do perigo de misturar álcool e direção. A Prefeitura está desenvolvendo uma campanha educativa, com divulgação nos próprios canais e nos veículos do Sistema Verdes Mares, para massificar a orientação e alertar os riscos dessa prática.

Criança Cidadã

Direcionado para estudantes do Ensino Fundamental I e II (de 7 a 15 anos) de escolas públicas e/ou privadas e enfoca amplamente a conquista de valores referentes às relações humanas no trânsito, favorecendo o desenvolvimento social da criança. O projeto capacita de forma lúdica alunos acerca de regras básicas de circulação, trânsito e cidadania (uso e respeito à faixa de pedestre, uso do cinto de segurança, obediência à sinalização vertical e horizontal).

Caminhos da Bicicleta

Ação educativa desenvolvida aos domingos em áreas de ciclofaixa para orientar tanto condutores como ciclistas sobre os seus direitos e deveres.

Escola de Mobilidade Urbana

Embora não seja disciplina obrigatória nos colégios, os direitos e deveres no trânsito são repassados diariamente para as crianças na Escola de Mobilidade Urbana. Durante a visita, educadores de trânsito devidamente capacitados intensificam o atendimento aos futuros condutores, conscientizando-lhes sobre como se comportar diante do novo cenário de mobilidade urbana adotado nas grandes cidades.

São repassadas orientações aos alunos a fim de estimular a integração e a convivência pacífica entre todos os atores que compõem o trânsito, seja pedestre, ciclista ou condutor.

 

A estrutura, que tem capacidade para atender cerca de 100 alunos diariamente, recebeu recentemente melhorias de pintura, revitalização das vivências internas e externas, ciclofaixa, arborização, iluminação, renovação da sinalização, reativação do simulador semafórico, painéis educativos do Bicicletar e Bilhete Único, além de um ônibus virtual com plataforma elevatória acessível. Tudo isso para aprimorar o atendimento aos estudantes de instituições públicas e privadas.