Faixas Exclusivas de Ônibus


Otimizar a rede de circulação utilizada por pedestres, ciclistas e motoristas tem sido o objetivo principal da Prefeitura de Fortaleza com a implantação de um denso programa de mobilidade urbana na cidade. Com o desenvolvimento do projeto das faixas exclusivas, iniciado em junho de 2014, a gestão do Prefeito Roberto Cláudio persegue a meta de reorganizar o trânsito e promover o convívio saudável entre os diversos modais, sendo que os resultados vêm superando as expectativas. Hoje, Fortaleza conta com 111,4 km de faixas exclusivas de ônibus e o principal objetivo deste sistema é priorizar o transporte público, proporcionando diversas vantagens aos usuários, como o aumento da velocidade operacional, previsibilidade do tempo de viagem, redução no consumo de combustíveis e de emissão de gases poluentes.

Em 07 de junho de 2014, o prefeito Roberto Cláudio inaugurou o primeiro binário e as primeiras faixas exclusivas para ônibus da atual gestão envolvendo as avenidas Dom Luís e Santos Dumont. Com o novo projeto, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT), foram instaladas nestas duas vias três faixas para veículos, sendo uma exclusiva para ônibus de cerca de 3,4 quilômetros, além de uma ciclofaixa de aproximadamente 5,2 quilômetros, ampliando as opções de mobilidade segura para os ciclistas.

Com as faixas exclusivas de ônibus implantadas no Binário Dom Luís / Santos Dumont, por onde trafegam diariamente boa parte dos trabalhadores da cidade no trajeto casa-trabalho, a circulação do transporte coletivo foi priorizada. Inicialmente, a expectativa era de que houvesse um crescimento de cerca de 40% na velocidade dos ônibus que trafegam por estas duas vias, mas esse resultado foi bem melhor do que o esperado. Na Av. Santos Dumont, o ganho de velocidade operacional dos ônibus identificado é de 207% e na Dom Luís a marca é de 143%. Isso representa menos tempo de deslocamento trabalho-casa, ou vice-versa, e mais tempo para o trabalhador estar com a família ou até mesmo resolver outras demandas pessoais.

Outros exemplos de vias que também foram bastante beneficiadas com ganhos de velocidade operacional dos ônibus identificados acima do esperado são a Av. Carapinima, com ganho de 160%; a Rua General Sampaio, com ganho de 108%; a Av. Bezerra de Menezes, com ganho de 91%; a Av. da Universidade, com ganho de 70%; e a Av. Domingos Olímpio, com ganho de 62%.

A mais recente faixa exclusiva de Fortaleza foi implantada em dezembro de 2018 na Avenida Aguanambi, com 4 km de deslocamento exclusivo ao transporte público, marcando o início da operação da primeira etapa do Corredor Expresso Messejana/Centro. O projeto da nova Av. Aguanambi contemplou ainda os serviços de drenagem, com a ampliação do canal, construção de seis estações de ônibus junto ao canteiro central da avenida, além de obras de urbanização, com a construção de calçadas, ciclovia, nova iluminação e paisagismo, desde a Avenida Domingos Olímpio até a rotatória da Avenida Aguanambi com BR-116.

Em fase de estudos, um conjunto de ações para o Centro de Fortaleza vai incluir a implantação de novas faixas exclusivas, com projeto inicial de cerca de 8,2 km de faixas exclusivas a serem implantadas na região, beneficiando assim mais de 300 mil usuários do transporte público que circulam naquela região por dia, com ações alinhadas ao Plano Fortaleza 2040. Também seguem em andamento estudos técnicos para a definição de novas faixas exclusivas de ônibus a serem implantadas nas avenidas Osório de Paiva e na Rua Cel. Matos Dourado, além de outras vias da cidade.

 

* Mapa das faixas exclusivas existentes: bit.ly/faixas_exclusivas_de_onibus

 

Faixas Exclusivas de Ônibus

Otimizar a rede de circulação utilizada por pedestres, ciclistas e motoristas tem sido o objetivo principal da Prefeitura de Fortaleza com a implantação de um denso programa de mobilidade urbana na cidade. Com o desenvolvimento do projeto das faixas exclusivas, iniciado em junho de 2014, a gestão do Prefeito Roberto Cláudio persegue a meta de reorganizar o trânsito e promover o convívio saudável entre os diversos modais, sendo que os resultados vêm superando as expectativas. Hoje, Fortaleza conta com 111,4 km de faixas exclusivas de ônibus e o principal objetivo deste sistema é priorizar o transporte público, proporcionando diversas vantagens aos usuários, como o aumento da velocidade operacional, previsibilidade do tempo de viagem, redução no consumo de combustíveis e de emissão de gases poluentes.

Em 07 de junho de 2014, o prefeito Roberto Cláudio inaugurou o primeiro binário e as primeiras faixas exclusivas para ônibus da atual gestão envolvendo as avenidas Dom Luís e Santos Dumont. Com o novo projeto, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT), foram instaladas nestas duas vias três faixas para veículos, sendo uma exclusiva para ônibus de cerca de 3,4 quilômetros, além de uma ciclofaixa de aproximadamente 5,2 quilômetros, ampliando as opções de mobilidade segura para os ciclistas.

Com as faixas exclusivas de ônibus implantadas no Binário Dom Luís / Santos Dumont, por onde trafegam diariamente boa parte dos trabalhadores da cidade no trajeto casa-trabalho, a circulação do transporte coletivo foi priorizada. Inicialmente, a expectativa era de que houvesse um crescimento de cerca de 40% na velocidade dos ônibus que trafegam por estas duas vias, mas esse resultado foi bem melhor do que o esperado. Na Av. Santos Dumont, o ganho de velocidade operacional dos ônibus identificado é de 207% e na Dom Luís a marca é de 143%. Isso representa menos tempo de deslocamento trabalho-casa, ou vice-versa, e mais tempo para o trabalhador estar com a família ou até mesmo resolver outras demandas pessoais.

Outros exemplos de vias que também foram bastante beneficiadas com ganhos de velocidade operacional dos ônibus identificados acima do esperado são a Av. Carapinima, com ganho de 160%; a Rua General Sampaio, com ganho de 108%; a Av. Bezerra de Menezes, com ganho de 91%; a Av. da Universidade, com ganho de 70%; e a Av. Domingos Olímpio, com ganho de 62%.

A mais recente faixa exclusiva de Fortaleza foi implantada em dezembro de 2018 na Avenida Aguanambi, com 4 km de deslocamento exclusivo ao transporte público, marcando o início da operação da primeira etapa do Corredor Expresso Messejana/Centro. O projeto da nova Av. Aguanambi contemplou ainda os serviços de drenagem, com a ampliação do canal, construção de seis estações de ônibus junto ao canteiro central da avenida, além de obras de urbanização, com a construção de calçadas, ciclovia, nova iluminação e paisagismo, desde a Avenida Domingos Olímpio até a rotatória da Avenida Aguanambi com BR-116.

Em fase de estudos, um conjunto de ações para o Centro de Fortaleza vai incluir a implantação de novas faixas exclusivas, com projeto inicial de cerca de 8,2 km de faixas exclusivas a serem implantadas na região, beneficiando assim mais de 300 mil usuários do transporte público que circulam naquela região por dia, com ações alinhadas ao Plano Fortaleza 2040. Também seguem em andamento estudos técnicos para a definição de novas faixas exclusivas de ônibus a serem implantadas nas avenidas Osório de Paiva e na Rua Cel. Matos Dourado, além de outras vias da cidade.

 

* Mapa das faixas exclusivas existentes: bit.ly/faixas_exclusivas_de_onibus