Bicicletas Integradas


O projeto é desenvolvido pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT). Pioneiro no Brasil pelo foco na integração com o transporte público, o novo sistema de empréstimo de bicicletas integradas vem ofertando uma nova alternativa de transporte em Fortaleza, de acordo com o planejamento cicloviário da atual gestão municipal. O Bicicleta Integrada promove a integração modal na cidade entre transporte público e bicicletas, com grandes estações de bicicletas compartilhadas próximas a estações de transporte e com cadastro pelo Bilhete Único.

 

O Bicicleta Integrada tem o patrocínio do Shopping Riomar (estações Terminais Lagoa e Antônio Bezerra), Extra (estações dos Terminais Conjunto Ceará, Messejana e Siqueira), Unifor e Indaiá (estação do Terminal do Papicu), e do Grupo Marquise (estação do Terminal da Parangaba). Todo o sistema é operado pela empresa Serttel, vencedora da seleção pública e responsável por dar manutenção técnica nos equipamentos. Assim como acontece com o Bicicletar e os Veículos Alternativos para Mobilidade (VAMO), a gestão pública municipal não tem nenhum ônus financeiro com o novo sistema Bicicleta Integrada.

 

Iniciado em junho de 2016, o Bicicleta Integrada conta hoje com sete estações oferecendo um total de 350 bicicletas distribuídas pelos Terminais de Ônibus dos bairros Antônio Bezerra, Lagoa, Conjunto Ceará, Messejana, Siqueira, Papicu e Parangaba. Ao longo deste período de atividades, o sistema foi responsável por 66.534 viagens e recebeu 5.316 cadastros (até 10:00 do dia 23/04/18), sendo que os terminais que mais se destacaram em volume de viagens foram Conjunto Ceará e Parangaba.

 

A localização das estações considera áreas que potencializam a integração com o sistema de transporte público e sua alocação está orientada pelo estudo de planejamento realizado pela SCSP. Com essa integração, ampliam-se as possibilidades para o usuário e incentiva-se o uso da bicicleta, além de dar mais vida e sensação de segurança à cidade, uma vez que se abre possibilidade para mais bicicletas e pessoas nas ruas.

 

Regras de utilização

Com regras distintas do sistema Bicicletar, a utilização das bicicletas é gratuita, bastando que o usuário realize cadastro presencialmente no Posto de Cadastramento dos Terminais da Parangaba e Papicu, onde são feitas as adesões ao Bilhete Único Fortaleza, de forma que também não há taxa de adesão para a utilização do sistema. Para isso, é obrigatório ter 18 anos para se cadastrar e apresentar as originais e cópias do RG, CPF, comprovante de endereço e Bilhete Único cadastrado no CPF do usuário, além de número de telefone celular válido e pessoal.

 

O novo sistema funciona todos os dias da semana, sempre das 05 horas às 23h59 para retirada das bicicletas, e 24 horas (tempo integral) para devolução das bicicletas. O tempo de posse que o usuário tem direito à bicicleta é de 14 horas, possibilitando que faça, por exemplo, o pernoite com a bicicleta do sistema ou permaneça no seu local de trabalho com ela e devolva após o expediente. Outro importante fator é que as bicicletas retiradas a partir das 17h das sextas-feiras e vésperas de feriado poderão ser devolvidas até às 9h do dia útil subsequente, sem que haja penalidade para o usuário. O usuário pode retirar a bicicleta via Bilhete Único, Autoatendimento, ligando para 4003-0386 ou pelo aplicativo Bicicleta Integrada, disponível gratuitamente para iOS e Android.

 

O usuário poderá valer-se desse benefício de forma ilimitada, desde que respeitado um intervalo mínimo de 3 horas entre cada uso. Se o usuário desejar retirar novamente a bicicleta ao término do período, sem penalidade, deverá devolvê-la normalmente e aguardar 3 horas para a próxima retirada. A cada hora de atraso na devolução da Bicicleta, o usuário terá o cadastro bloqueado por um dia. Seguindo a regra, um atraso de duas horas bloqueia o usuário por dois dias e, assim, sucessivamente. A medida é para proporcionar a rotatividade das bicicletas e que mais pessoas tenham acesso ao sistema. Importante saber que a Bicicleta Integrada não é compatível com o Bicicletar e, por isso, a devolução das bikes em estações que não pertencem ao Bicicleta Integrada acarretará em penalidade ao usuário. Site do projeto: www.bicicletaintegrada.com.

 

Estações do Bicicleta Integrada

Terminal Antônio Bezerra

Patrocínio: Shopping Riomar

 

Terminal Lagoa

Patrocínio: Shopping Riomar

 

Terminal Conjunto Ceará

Patrocínio: Extra

 

Terminal Messejana

Patrocínio: Extra

 

Terminal Siqueira

Patrocínio: Extra

 

Terminal Papicu

Patrocínio: Unifor e Indaiá

 

Terminal Parangaba

Patrocínio: Grupo Marquise

Bicicletas Integradas

O projeto é desenvolvido pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT). Pioneiro no Brasil pelo foco na integração com o transporte público, o novo sistema de empréstimo de bicicletas integradas vem ofertando uma nova alternativa de transporte em Fortaleza, de acordo com o planejamento cicloviário da atual gestão municipal. O Bicicleta Integrada promove a integração modal na cidade entre transporte público e bicicletas, com grandes estações de bicicletas compartilhadas próximas a estações de transporte e com cadastro pelo Bilhete Único.

 

O Bicicleta Integrada tem o patrocínio do Shopping Riomar (estações Terminais Lagoa e Antônio Bezerra), Extra (estações dos Terminais Conjunto Ceará, Messejana e Siqueira), Unifor e Indaiá (estação do Terminal do Papicu), e do Grupo Marquise (estação do Terminal da Parangaba). Todo o sistema é operado pela empresa Serttel, vencedora da seleção pública e responsável por dar manutenção técnica nos equipamentos. Assim como acontece com o Bicicletar e os Veículos Alternativos para Mobilidade (VAMO), a gestão pública municipal não tem nenhum ônus financeiro com o novo sistema Bicicleta Integrada.

 

Iniciado em junho de 2016, o Bicicleta Integrada conta hoje com sete estações oferecendo um total de 350 bicicletas distribuídas pelos Terminais de Ônibus dos bairros Antônio Bezerra, Lagoa, Conjunto Ceará, Messejana, Siqueira, Papicu e Parangaba. Ao longo deste período de atividades, o sistema foi responsável por 66.534 viagens e recebeu 5.316 cadastros (até 10:00 do dia 23/04/18), sendo que os terminais que mais se destacaram em volume de viagens foram Conjunto Ceará e Parangaba.

 

A localização das estações considera áreas que potencializam a integração com o sistema de transporte público e sua alocação está orientada pelo estudo de planejamento realizado pela SCSP. Com essa integração, ampliam-se as possibilidades para o usuário e incentiva-se o uso da bicicleta, além de dar mais vida e sensação de segurança à cidade, uma vez que se abre possibilidade para mais bicicletas e pessoas nas ruas.

 

Regras de utilização

Com regras distintas do sistema Bicicletar, a utilização das bicicletas é gratuita, bastando que o usuário realize cadastro presencialmente no Posto de Cadastramento dos Terminais da Parangaba e Papicu, onde são feitas as adesões ao Bilhete Único Fortaleza, de forma que também não há taxa de adesão para a utilização do sistema. Para isso, é obrigatório ter 18 anos para se cadastrar e apresentar as originais e cópias do RG, CPF, comprovante de endereço e Bilhete Único cadastrado no CPF do usuário, além de número de telefone celular válido e pessoal.

 

O novo sistema funciona todos os dias da semana, sempre das 05 horas às 23h59 para retirada das bicicletas, e 24 horas (tempo integral) para devolução das bicicletas. O tempo de posse que o usuário tem direito à bicicleta é de 14 horas, possibilitando que faça, por exemplo, o pernoite com a bicicleta do sistema ou permaneça no seu local de trabalho com ela e devolva após o expediente. Outro importante fator é que as bicicletas retiradas a partir das 17h das sextas-feiras e vésperas de feriado poderão ser devolvidas até às 9h do dia útil subsequente, sem que haja penalidade para o usuário. O usuário pode retirar a bicicleta via Bilhete Único, Autoatendimento, ligando para 4003-0386 ou pelo aplicativo Bicicleta Integrada, disponível gratuitamente para iOS e Android.

 

O usuário poderá valer-se desse benefício de forma ilimitada, desde que respeitado um intervalo mínimo de 3 horas entre cada uso. Se o usuário desejar retirar novamente a bicicleta ao término do período, sem penalidade, deverá devolvê-la normalmente e aguardar 3 horas para a próxima retirada. A cada hora de atraso na devolução da Bicicleta, o usuário terá o cadastro bloqueado por um dia. Seguindo a regra, um atraso de duas horas bloqueia o usuário por dois dias e, assim, sucessivamente. A medida é para proporcionar a rotatividade das bicicletas e que mais pessoas tenham acesso ao sistema. Importante saber que a Bicicleta Integrada não é compatível com o Bicicletar e, por isso, a devolução das bikes em estações que não pertencem ao Bicicleta Integrada acarretará em penalidade ao usuário. Site do projeto: www.bicicletaintegrada.com.

 

Estações do Bicicleta Integrada

Terminal Antônio Bezerra

Patrocínio: Shopping Riomar

 

Terminal Lagoa

Patrocínio: Shopping Riomar

 

Terminal Conjunto Ceará

Patrocínio: Extra

 

Terminal Messejana

Patrocínio: Extra

 

Terminal Siqueira

Patrocínio: Extra

 

Terminal Papicu

Patrocínio: Unifor e Indaiá

 

Terminal Parangaba

Patrocínio: Grupo Marquise